Login

Nosso Blog

Radiologia Pediátrica: Guia para Diagnósticos Precisos

crianca-radiologia-pediátrica
Precisando reduzir custos do seu hospital? Conheça nossos laudos a distância!

A radiologia pediátrica é uma subespecialidade da radiologia utilizada para diagnosticar doenças por meio da interpretação de imagens obtidas do corpo de bebês, crianças e adolescentes.

Saiba mais sobre o que é a radiologia médica, acesse o conteúdo aqui!

Normalmente, muitos pais se sentem receosos ao saber que a criança terá que se submeter a um exame de imagem devido a exposição aos raios X, uma vez que ela está em fase de desenvolvimento e crescimento, e temem que essa exposição seja prejudicial.

Entretanto, assim como na radiologia, a subespecialidade pediátrica também utiliza equipamentos de proteção (EPI’s) infantis para garantir a proteção e segurança da criança e do acompanhante durante todo o processo.

Nesse conteúdo, iremos abordar a importância dos fatores que otimizam o atendimento pediátrico no centro de imagem, levando em consideração as técnicas utilizadas para realizar exames em crianças, continue a leitura!

Como a radiologia pediátrica funciona?

menino-deitar-no-hospital-no-diagnostico-de-radiologia

Como amplamente conhecido, os efeitos causados a longo prazo pela exposição à radiação ionizante excessiva podem interferir no DNA das células.

Confira: Tipos de radiação usados em exames de radiologia

Bebês e crianças estão ainda em desenvolvimento e por isso são mais sensíveis aos efeitos da radiação. Por esse motivo, é comum ter receio em deixar a criança se submeter a um exame de raio-x ou tomografia computadorizada, por exemplo.

Consideram-se vários fatores para dose de radiação em pacientes pediátricos, incluindo tamanho, idade, corpo, peso e cooperação no exame.

Portanto, cabe ao serviço de radiologia pediátrica estabelecer protocolos adequados para operar equipamentos com doses menores de radiação, sem prejudicar a qualidade do exame.

Qual é a importância da radiologia pediátrica?

A radiologia pediátrica abrange diversos tipos de exames, tais como:

O objetivo desses exames é identificar possíveis deformidades, fraturas ou doenças em curso no organismo das crianças. Durante a infância, as crianças podem desenvolver doenças específicas que só se manifestam nessa fase.

Portanto, o uso de equipamentos especiais na radiologia pediátrica possibilita um diagnóstico mais preciso, além disso, garantir uma experiência mais rápida e agradável para os pequenos é fundamental para o sucesso dos exames.

Para tornar a realização do exame de imagem mais acolhedora e divertida, algumas salas destinadas ao atendimento pediátrico podem ser adaptadas com cenários lúdicos, estimulação visual e brinquedos, por exemplo.

Equipamentos de proteção de radiologia pediátrica

radiologista-explicando-exame-de-radiologia-pediátrica

Os equipamentos de segurança e proteção na radiologia pediátrica agem como barreiras de contenção da radiação, visando à proteção tanto da equipe de saúde como também do paciente e todos que estão à sua volta, uma vez que reduz o tempo da exposição e evita exposição desnecessária.

Entre os principais equipamentos de proteção da radiologia pediátrica estão:

  • Aventais plumbíferos de chumbo infantil: Protegem as regiões torácica e abdominal quando outra área está sendo avaliada.
  • Protetores para as gônadas dos tipos masculino e feminino: Protegem os órgãos dos aparelhos reprodutores feminino e masculino.
  • Protetor de tireoide: É colocado na região do pescoço e visa a proteger a glândula tireoide, sempre que o local não for o alvo do exame;
  • Óculos plumbíferos: Garante proteção contra os riscos da radiação na região oftalmológica.

Contudo, caso seja preciso acompanhar e conter a criança, o acompanhante também deverá usar a vestimenta plumbífera até o término da realização do exame.

Sugestão de leitura: Entenda a importância dos equipamentos de proteção na radiologia.

Raio-X digital pediátrico

No raio-x digital pediátrico, placas de circuito capturam os raios-X, gerando uma imagem digital mais nítida. Essa imagem pode ser enviada para um computador, armazenada, compartilhada com outros médicos e até mesmo impressa.

Na radiografia digital, os níveis de exposição à radiação são inferiores aos encontrados no processo analógico, pois, em muitos casos, os pacientes precisam repetir o procedimento para obter uma imagem boa.

Quando a Radiologia Pediátrica é indicada?

menina-com-um-medico-radiologista

Não há idade minima para indicar exame de radiologia, no entanto, os médicos devem utilizar inicialmente de recursos clínicos e solicitar os exames seguindo protocolos de critérios consensuais.

Também devemos acrescentar a utilização de métodos de imagem alternativos quando possíveis, como ultrassom e a ressonância magnética, cujo princípio de formação da imagem não utiliza radiação ionizante.

Além disso, o acesso ao banco de dados dos pacientes com análise dos exames prévios, auxiliam o médico a não solicitar exames repetitivos e desnecessários.

Entre todas as indicações para se fazer um raio-X pediátrico, as mais comuns são:

  • Fraturas ou tumores ósseos;
  • Distúrbios de crescimento e postura;
  • Pneumonias e derrames pleurais.

Apesar dos desafios enfrentados em relação à radiação ionizante, os benefícios da Radiologia Pediátrica são inúmeros.

  • Auxiliam os médicos com o diagnóstico e o prognóstico;
  • Evita cirurgias desnecessárias
  • Fornece informações sobre o funcionamento interno do corpo, sem nenhum procedimento invasivo.

Quando não se deve fazer a radiografia pediátrica?

Somente o médico de referência da criança poderá indicar ou não a realização da radiografia.

Em geral, não há contraindicações maiores para a realização de exames que utilizam radiação ionizante em crianças e adolescentes, salvo as gestantes. Entretanto, cabe ressaltar que se deve evitar a realização da radiografia pediátrica sem que haja precisão.

A dose de radiação ionizante durante o exame é baixa, mas, quanto mais uma criança ou adulto seja exposta aos raios-X de forma excessiva, mais susceptível são as chances de algum dano à saúde a longo prazo.

Qual é o preparo e tempo de duração da radiografia pediátrica?

A realização desse tipo de exame é bastante rápida, geralmente concluída entre 5 a 10 minutos.

Não há preparo especifico, no entanto, é necessário remover objetos de metal do paciente para evitar que apareçam nas imagens.

Compartilhe:

Fale com um especialista e reduza custos do seu hospital.

A VX Medical Innovation oferece laudos de subespecialistas mesmo em locais distantes dos grandes centros urbanos, agilize o diagnóstico com laudos em até 2 horas e reduza os custos operacionais e otimize processos internos. Vamos conversar.
plugins premium WordPress