Login

Nosso Blog

Sistema RIS: o que é, benefícios e funcionalidades

sistema ris - computadores com imagens de exames na tela
Precisando reduzir custos do seu hospital? Conheça nossos laudos a distância!

O Sistema de Informação da Radiologia – RIS é um sistema para gestão de unidades radiológicas que abrange diversas vantagens capazes de aumentar a produtividade da equipe, otimizar os processos internos e garantir a segurança de dados dos pacientes.


As atividades diárias de gestores de radiologia incluem diversas tarefas, como a gestão de diversos processos, um grande volume de exames e a necessidade de garantir a qualidade de imagens para os médicos que cuidam de cada caso.

O RIS é um agregador na rotina da jornada de trabalho da equipe porque padroniza os procedimentos de todo o fluxo e, inclusive, demonstra eficiência em controlar os setores e proteger os dados de pacientes.

No entanto, o que é RIS, quais são suas funcionalidades e seus benefícios? Acompanhe o conteúdo a seguir.

O que é Sistema RIS?

O Sistema de Informação de Radiologia, também conhecido por apenas RIS, é um sistema de gerenciamento de informações radiológicas utilizado por centros de diagnóstico por imagem, otimizando a produtividade dos profissionais de saúde e automatizando o fluxo de trabalho de uma clínica radiológica.

Por meio desse sistema é possível realizar a gestão de agendamento de exames, do fluxo de trabalho com os pacientes, do registro de dados clínicos, da entrega de resultados e muito mais.

Quais os problemas podem ser solucionados?

Com o RIS diversos problemas são solucionados nas unidades radiológicas porque, com as soluções proporcionadas pelo sistema de gerenciamento, se torna possível:

  • Realizar agendamentos e o armazenamento de registros de pacientes sem que ocorram erros ou equívocos provenientes da equipe;
  • Não haver mais a necessidade de entrar em contato com terceiros para verificar o fluxo de trabalho referente aos diagnósticos e laudos dos pacientes, conseguindo realizar de maneira contínua e organizada através do RIS;
  • Evitar que ocorra perda de dados ou acessos indevidos porque os arquivos não são mais físicos e sim digitais, os guardando por meio da nuvem de um sistema PACS – complementar ao RIS;
  • Não ser mais necessário que haja apoio da equipe para direcionar os pacientes aos consultórios e exames corretos, mas tendo essa solução automatizada com informações relevantes em painéis de atendimento do hospital ou clínica;
  • Realizar uma gestão eficiente dos materiais institucionais devido à possibilidade do sistema RIS ser integrado a equipamentos de organização, contornando erros de estoque e o automatizando;
  • Manter um armazenamento de dados totalmente digital, deixando para trás os documentos físicos que ocupam espaços e correm risco de perda;
  • Compartilhar os dados, informações e arquivos digitais dos pacientes entre todos os responsáveis pelo acompanhamento e tratamento do caso sem que haja a necessidade de enviá-los de maneira física aos médicos, o que agiliza o tratamento da população;
  • Otimizar a gestão financeira da empresa porque todas as contas a pagar, cobranças e fluxos de caixa são integrados no RIS, poupando tempo da equipe e aperfeiçoando o processo.

Por que utilizá-lo?

Como pautado acima, o RIS é capaz de solucionar problemas recorrentes em unidades radiológicas, clínicas e hospitais que lidam com lentidão no atendimento, falta de controle nos setores e mais. 

Existem oito funcionalidades que tornam essa otimização possível, então para conhecê-las, basta acompanhar o conteúdo a seguir.

Funcionalidade #1: agendamento e registro de pacientes

Uma vez que o RIS é integrado na clínica ou hospital, os dados e informações referentes aos pacientes são facilmente cadastrados e acessados por profissionais de saúde autorizados por meio de logins e senhas.

Em sua versão mais moderna, o RIS também oferece a possibilidade dos próprios pacientes realizarem o cadastro pelo portal na internet ou aplicativos de celular, não havendo necessidade de estabelecer um contato com recepcionistas da unidade.

Funcionalidade #2: fluxo de trabalho

O sistema RIS permite que seja realizado o monitoramento e o controle do fluxo de trabalho ao definir status para cada exame agendado e performado na unidade, assim como o status dos pacientes.

Todos os profissionais da área da saúde se beneficiam por meio dessa funcionalidade porque conseguem seguir suas rotinas de trabalho de maneira contínua e organizada ao consultar os status rapidamente, sem precisar entrar em contato com terceiros para confirmar o andamento de exames, diagnósticos e tratamentos.

Em outras palavras, o RIS entrega uma visão panorâmica dos processos de maneira transparente e acessível, otimizando as atividades da equipe e aumentando sua produtividade diária.

Funcionalidade #3: armazenamento de dados

O armazenamento de dados com o RIS é realizado através da nuvem por meio de uma segurança criptografada, o então chamado PACS e já apontado neste conteúdo. 

Os dados que podem ser operados pelo sistema RIS incluem: 

  • Documentos relacionados a exames, como pedido médico;
  • Documentos relacionados ao prontuário eletrônico;
  • Documentos pessoais e dados de convênios, etc.

Outros dados essenciais armazenados no sistema são os compartilhados no dia a dia de hospitais e clínicas entre a equipe, como os status de exames e faturamentos, podendo ser facilmente localizado e organizado na nuvem.

Funcionalidade #4: gestão de pacientes

Com o RIS, o atendimento aos pacientes é agilizado e a localização de informações se torna mais rápida, geralmente sendo integrado a painéis de atendimento que direcionam as pessoas para os locais de atendimento devido.

O sistema é capaz de disponibilizar informações relevantes a respeito do tempo de espera, especificações de atendimento, os protocolos de exames solicitados e mais. Além de mensurar o atendimento devido ao acompanhamento de status e identificar melhorias que devem ocorrer no setor.

Funcionalidade #5: gestão de recursos e estoque

A gestão de recursos e estoque também é otimizada com o RIS porque o sistema pode ser integrado às ferramentas de organização através de uma DICOM Worklist, aumentando a eficiência do controle de materiais institucionais

Funcionalidade #6: laudos digitais e compartilhamento

O RIS disponibiliza a Central de Laudos, uma ferramenta que permite que radiologistas emitam laudos médicos de maneira otimizada e automatizada por meio de inteligência artificial.

Além dessa ferramenta, também é possível distribuir e gerenciar a entrega de resultado dos pacientes para melhor eficiência de processos, compartilhando entre todos os responsáveis pelo caso.

Funcionalidade #7: transmissão de dados e exames

Antes de haver a solução em nuvem, a logística da transmissão de dados e exames era devagar porque havia a necessidade de enviar as cópias dos arquivos pelo correio. Atualmente, a integração do RIS e PACS tornam essa etapa rápida, simples e protegida porque tudo é feito por meio da internet.

Inclusive, essa funcionalidade não apenas agiliza o processo, mas também expande as investigações das doenças e das condições médicas, porque permite uma segunda opinião médica através da telerradiologia.

Funcionalidade #8: gestão financeira

Essa funcionalidade diz respeito a todos os processos que podem ser informatizados com o RIS, havendo a integração de todas as demandas internas de unidades radiológicas que ele abrange.

Grande parte do sistema RIS que está no mercado disponibiliza funcionalidades que simplificam o trabalho de gestão financeira da unidade e, por meio do tempo ganho e qualidade, se torna possível diminuir a glosa médica.

Quais os benefícios proporcionados pelo RIS?

Além das funcionalidades e solução de problemas pautadas acima, também é possível pontuarmos cinco benefícios que o RIS proporciona para as unidades radiológicas de clínicas e de hospitais, acompanhe.

Benefício #1: redução na taxa de ausência do paciente

É comum que ocorram horários vagos porque o paciente se ausentou, mas o primeiro benefício diz respeito ao fato de que a ferramenta de gestão de horários e de pré-autorização de exames auxilia a evitar situações como essa.

Portanto, em caso do convênio não autorizar, o horário agendado para a pessoa se torna vago, havendo possibilidade de reagendamento de exame.

Benefício #2: agilidade na recepção e atendimento

Um grande benefício do RIS é o sequenciamento dos pacientes, definindo automaticamente quem são as pessoas que precisam de atendimento prioritário para que os profissionais da saúde deem preferência pelo seu atendimento.

Benefício #3: rastreamento de dados e informações

O sistema RIS possui rastreamento de todas as suas atividades, então é possível mensurar:

  • A permanência dos pacientes nas salas de exame;
  • O tempo que um médico demorou para realizar um laudo;
  • O tempo necessário para realizar um agendamento;
  • Os números de atendimento e convênios.

Por meio destas métricas, as unidades radiológicas conseguem analisar a produtividade da equipe e encontrar pontos de melhorias que devem ser aperfeiçoados em prol da unidade e de seus pacientes.

Benefício #4: controle dos setores

Como todos os setores da unidade podem ser integrados ao RIS, torna-se possível ter controle sobre os processos de cada um e não somente sobre a radiologia. 

Dessa maneira, quando ocorre a aplicação de um medicamento no paciente, por exemplo, é automaticamente registrado no sistema de estoque, podendo ser consultado posteriormente..

Benefício #5: segurança de dados

Devido aos dados dos pacientes serem sensíveis, é fundamental que seja assegurada a proteção de suas informações para evitar que ocorram vazamentos ou acessos indevidos. 

É por esse motivo que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) surge, para assegurar sua proteção por meio do RIS, promovendo segurança no trânsito de dados de pacientes em instituições de saúde.

Conclusão

O Sistema de Informações de Radiologia faz parte de unidades radiológicas e, também, de clínicas e de hospitais que buscam proporcionar melhor atendimento aos pacientes e otimizar os processos internos da unidade.

Portanto, se você busca uma solução capaz de aumentar a produtividade da equipe de saúde e a segurança dos pacientes, o RIS é uma excelente opção.

Então, gostou deste conteúdo? Então se inscreva na nossa newsletter aqui!

Compartilhe:

Fale com um especialista e reduza custos do seu hospital.

A VX Medical Innovation oferece laudos de subespecialistas mesmo em locais distantes dos grandes centros urbanos, agilize o diagnóstico com laudos em até 2 horas e reduza os custos operacionais e otimize processos internos. Vamos conversar.
plugins premium WordPress