Login

Nosso Blog

Densitometria óssea: saiba tudo sobre este exame

densitometria óssea - paciente deitado sobre uma maca sendo examinado por um médicos
Precisando reduzir custos do seu hospital? Conheça nossos laudos a distância!

A osteoporose acomete os ossos do corpo humano, por isso, quanto mais cedo for diagnosticada, menor será a perda de massa óssea. Se trata de uma doença silenciosa, de difícil diagnóstico que acomete cerca de 200 milhões de mulheres no mundo todo segundo dados da BBC, sendo que dessas, 10 milhões se encontram no Brasil.

Tendo isso em vista, é importante que alguns exames sejam feitos anualmente. Em especial, o exame da densitometria óssea, o principal para diagnosticar a osteoporose no paciente. Confira a seguir mais informações sobre esse importante exame.

O que é densitometria óssea e para que serve?

A densitometria óssea é um exame realizado com um equipamento que produz imagens, a partir de radiação iônica, que permite analisar e determinar a quantidade de massa óssea presente no corpo.

Apesar de realizar imagens por meio de radiação ionizante, ele utiliza uma quantidade menor que um exame de Raio-X, não oferecendo riscos para a saúde

O exame é importante principalmente para indivíduos acima dos 50 anos, idade em que o corpo humano pode começa a apresentar diminuição da densidade mineral dos ossos aumentam o risco de fraturas ósseas.

O que o exame pode identificar?

Além da osteoporose como já mencionado acima, o exame da densitometria óssea pode ajudar a detectar uma outra doença semelhante à osteoporose: a osteopenia.

A osteopenia acontece quando é identificada uma perda de 30% ou menos de massa óssea no corpo e é reversível.

Já a osteoporose é acima de 50% e não pode ser reversível e, ressaltando novamente, se identificada tardiamente, pode ser fatal.

Os valores de referência médios avaliados pelo médico assistente são:

Normal: T-Score de 0 a -1,0 DP (Desvio Padrão)

Osteopenia: T-Score de – 1,0 a -2,4 DP

Osteoporose: T-Score de -2,5 ou menos

Como o exame é feito?

O exame de densitometria óssea é semelhante à uma radiografia, mas com uma quantia de radiação menor, o que não traz riscos para a saúde do paciente.

Dura entre 10 a 15 minutos e analisa algumas regiões principais como o antebraço, a coluna lombar e o fêmur.

Nele, o paciente precisa ficar deitado e imóvel e não há requisitos comuns de exames como jejum, remédios, etc., Basta chegar ao hospital ou laboratório, deitar no local indicado e a máquina fará uma série de imagens das regiões indicadas acima.

As únicas contraindicações são para gestantes, pessoas com obesidade e quem realizou algum exame com contraste até 14 dias (duas semanas) anterior à data do exame.

O exame é indolor e não invasivo. Não há necessidade de cortes, dor ou qualquer outra sensação de desconforto.

Qual a importância do laudo ágil para este exame?

Um laudo mais ágil garantirá que o tratamento indicado se inicie o mais rápido possível, pois em casos de osteoporose, dependendo do resultado identificado de massa óssea perdida, ela pode ser fatal.

Como a telerradiologia pode facilitar o acesso ao laudo de DMO?

Desde 2020, com a pandemia de COVID-19, a medicina e a tecnologia têm sido aliadas no combate e enfrentamento não só do vírus, mas de outras doenças.

Com isso, a telemedicina surgiu como uma área em alta, embora já existisse anos antes. Nesse sentido, consultas médicas, plantões 24h e resultados de exames podem ser acessados pelo paciente no celular ou computador.

Com o exame de densitometria óssea não é diferente, já que as imagens colhidas pelo aparelho são enviadas para um software (principalmente de telemedicina) próprio da máquina e, após o técnico ou médico compartilhar, qualquer pessoa que possuir um login e senha pode acessar as imagens.

No caso da telerradiologia, os laudos de DMO podem ser realizados à distância, isto é, em casos graves o resultado sai em menos de trinta minutos  para ficar pronto.

Após ficar pronto, o radiologista assina de forma digital e libera na mesma plataforma para que o médico e o paciente possam acessar, desde que tenham cadastro no sistema.

A telerradiologia pode ser uma ótima aliada para a sua clínica ou hospital facilitando, de forma ágil, o acesso dos médicos e pacientes a laudos de qualidade, garantindo uma assistência segura com condutas médicas assertivas e respaldadas.

Se inscreva na nossa newsletter e se mantenha atualizado em relação às novidades sobre medicina e telemedicina para sua profissão! 

Compartilhe:

Fale com um especialista e reduza custos do seu hospital.

A VX Medical Innovation oferece laudos de subespecialistas mesmo em locais distantes dos grandes centros urbanos, agilize o diagnóstico com laudos em até 2 horas e reduza os custos operacionais e otimize processos internos. Vamos conversar.
plugins premium WordPress